Moeda Social

A Moeda Social – Conquista

A moeda social nomeada de Conquista pela própria comunidade, tem esse nome com referência ao valor simbólico das lutas travadas pelos/as moradores/as da Estrutural para garantir que suas demandas por direito e por desenvolvimento local fossem alcançadas. Como se lê nos murais do Ponto de Memória da Estrutual:

No início era o cerrado, no início era o lixo, no início era o entulho. Depois vieram as famílias, depois seus barracos de papelão, de madeira, de alvenaria. E depois de muita luta, chegou água e luz. Muito mais tarde, veio o asfalto nas principais vias, as escolas, o restaurante comunitário, a reforma do posto de saúde, veio também a praça e a quadra de esportes. Com muito sofrimento e muita luta para conseguir o básico, o que em outras cidades chega sem luta alguma, sem ao menos se pedir porque é direito fundamental, já diz a Lei Magna. E muita luta ainda há de haver para o básico permanecer e para o além do básico chegar. Mas esta é a nossa Cidades Estrutural, esta é a nossa história. Conquista.

A Conquista é uma das ferramentas através das quais a comunidade continuará lutando por seus direitos básicos e desenvolvendo seus projetos. Seus objetivos “são fazer com que o “dinheiro” circule na própria comunidade, ampliando o poder de comercialização local, aumentando a riqueza circulante na comunidade, gerando trabalho e renda.  Os créditos em “reais” podem ajudar no crescimento econômico do bairro ou município gerando novas riquezas. Mas são as moedas sociais que asseguram o desenvolvimento ao favorecer que essa riqueza gerada circule na própria comunidade” (descrição de retirada do site do Banco Palmas).

A moeda possui paridade com o real, ou seja, para cada Cq 1,00 (uma conquista) circulando há R$ 1,00 (um real) guardado no Banco. No entanto, diferentemente do real, a Conquista é uma moeda que ganha valor ao circular, não havendo qualquer benefício em mantê-la guardada. A Conquista é impressa em papel moeda e possui itens de segurança próprios, como holograma, número de série e marca d’água. Seus valores são: Cq 0,50, Cq 1,00, Cq 5,00 e Cq 10,00.

Para ter acesso à moeda social os/as moradores/as e comerciantes podem trocar reais por conquistas diretamente na sede do banco. Além disso, é possível obtê-la nos empreendimentos que aceitam a moeda, na forma de troco, ou realizar empréstimos em moeda social (crédito de consumo). Geralmente, quem compra com Conquista tem descontos nos empreendimentos cadastrados.

Os/as empreendedores/as que desejam receber a moeda devem se cadastrar junto ao Banco, o qual irá divulgar seu estabelecimento, prestando todo o auxílio necessário para compreensão da importância de promover a circulação da Moeda Social, assim como do funcionamento do Banco Estrutural.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: